terça-feira, 18 de maio de 2010

Vê se ao menos me engole, mas não me mastigue assim

Por que é no momento em que eu mais preciso de você, é justamente o que você some? Quando eu me torno absolutamente dependente de você, totalmente sensível, você cria uma barreira entre nós, uma bolha que não me deixa te tocar, que me afasta de você.  Por que você não me deixa refugiar nos teus braços, tão confortantes ?


'já parou pra pensar que eu posso querer alguém que cuide de mim também ?

Nenhum comentário:

Postar um comentário