quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Coração apertado, acelerado. Respiração pesada, profunda. Brilho nos olhos, coloridos. Corpo suado, cheiroso. Cabelo enbaraçado, descabelada. Maquiagem borrada, sem maquiagem. Cabeça vazia, cheia de planos. Unhas feitas, quebradas.  Pés cansados, leves. Mãos macias, ásperas. Corpo cansado, sensual. Rosto de criança, mulher.

domingo, 4 de outubro de 2009

-

Yeah boy, you know how to love me very well.

- Hoje

Hoje eu acordei gargalhando. Pulei da cama e fui direto ver o céu, não era dos melhores, a neblina ainda cobria as árvores ainda com vestígios da primavera, mas me fez muito bem ficar olhando pra ele. É bom saber que a chuva serviu pra levar todo o mal que havia, e a tempestade já passou. Agora o sol nasce novamente, devagarinho, como uma criança quando acorda, ele se desperta e faz todos a sua volta sorrirem. Hoje, vi os dias perdidos, mas principalmente todos que eu ainda tenho, ganhos. Hoje eu acordei com o brilho nos olhos, hoje eu acordei com vontade de viver, hoje, eu acordei vivendo (:
'eu não vou pro inferno, eu não iria tão longe por você'

E continuo sorrindo, chorando, gritando, silenciando, acertando, errando, amando e odiando... A diferença é o que realmente importava não é mais tão importante assim. Sou eu agora, não você. Você não me sucumbe mais. A insanidade já passou.

Pr'um lindo dia nascer, é preciso o temporal (: